Semana de Moda em Milão- tendências

Olá migas e migos, tudo bom?

A Semana de Moda em Milão acabou nessa segunda-feira(25/02), e trouxe cinco tendências que vão dominar o outono/inverno 2019.

Tecidos exuberantes e acessórios statement contrastaram com cores vivas, como amarelo e rosa, ao passo que o preto, já tradicional na estação mais fria do ano, perdeu seu protagonismo para o animal print. Os estilos punk e grunge, revisitados por alguns estilistas durante o pre-fall, voltaram em definitivo, figurando em grande parte dos shows.

Embora algumas grifes, como a Dolce & Gabbana, Versace, Bottega Veneta, Fendi e Prada, entrelaçaram-se às suas tradições, outras surpreenderam por seguir um caminho nada óbvio. A Moschino, de Jeremy Scott, deixou de lado as referências da cultura pop e ofereceu uma ostentação caricata em suas peças e styling.

O ecletismo da Gucci tomou um rumo sinistro, com máscaras e colares cheios de spikes, e a Moncler partiu para uma mistura de estampas alegres. Como não poderia ser diferente, já que a moda italiana é conhecida por seu acabamento primoroso, as produções exalaram boa execução e ótimos conceitos criativos. Contudo, alguns estilistas miraram nas mesmas apostas.

Semana de moda em Milão- tendências

Veja abaixo algumas características que mais se repetiram na Semana de Moda em Milão- tendências :

Rockstar

Marc Jacobs resolver lançar a coleção Redux Grunge em seu pre-fall, no momento muitas pessoas não entenderam o motivo. Porém, após os desfiles a ideia ficou clara. Não sabemos ao certo de ele previu a oda punk vista na temporada ou se os colegas ficaram inspirados pelo designer americano, mas o fato é que o punk e o grunge voltaram e vão ficar.

Muitas marcas levaram para passarela traços desses movimentos do rock, mas algumas definiram todo o estilo  da coleção em cima dessas características.

Muitas marcas trouxeram traços desses movimentos do rock, mas algumas definiram todo o mood da coleção em cima dessas características.

desfile de milão

 

Espirito animal

As “estampas animais” estiveram em praticamente todas as coleções, nas mais diversas texturas e combinações.

50 tons de rosa

O tom de rosa foi a grande chave da Semana de Moda em Milão. Foi usada várias vezes na passarela para quebrar a sobriedade e dar um ponto de cor nos looks da temporada. A cor surgiu em produções monocromáticas e em detalhes.

 

 

 

Laços no pescoço

Em 2019 veremos muitos laços. Depois de serem uma das principais tendências da Semana de Alta-Costura, os nós decorativos ganharam força nos desfiles em Milão.

Amarelo como o sol

Outra cor que se destacou no Milan Fashion Week foi o amarelo, com texturas acetinadas e cintilantes. Quando apareceu sem brilho próprio, o pigmento foi acrescido de pedrarias e joias, mostrando que a regra para o próximo inverno é energizar!

Gostou da novidade de saber sobre a Semana de moda em Milão- tendências ?
Trends