Cuidar da pele no inverno: veja estas dicas valiosas

Você sabe a importância de cuidar da pele no inverno?

É nessa época do ano que a pele sofre mais, devido às baixas temperaturas.

Sensibilidade e ressecamento da pele são alguns dos problemas ocasionados pelo frio.

Porém, neste artigo você terá as melhores dicas de como cuidar da sua pele nessa época do ano.

Cuidar da pele no inverno: quais os problemas que a pele sofre nessa época?

No inverno, a pele enfrenta vários desafios devido às condições climáticas e hábitos comuns nessa estação. 

Dessa forma, combinação de temperaturas baixas, vento frio e ambientes internos aquecidos pode causar uma série de problemas de pele, que exigem cuidados específicos para serem evitados ou minimizados.

Por exemplo, o ar frio e seco do inverno, combinado com o uso de aquecedores, reduz a umidade do ambiente, o que pode levar ao ressecamento da pele. 

Nesse sentido, a pele seca pode se tornar áspera, escamosa e propensa a rachaduras, causando desconforto e irritação.

Por isso, a importância de cuidar da pele no inverno.

Este ressecamento ocorre porque a pele perde sua capacidade de reter umidade devido à barreira lipídica danificada, necessitando de uma hidratação intensiva.

Além disso, no inverno, a pele pode se tornar mais sensível e reativa, especialmente em pessoas com condições pré-existentes como eczema ou rosácea. 

Dessa forma, a exposição ao vento frio e às mudanças bruscas de temperatura podem agravar esses problemas, resultando em vermelhidão, coceira e irritação.

O uso frequente de roupas pesadas e materiais sintéticos pode causar atrito e agravar a sensibilidade da pele.

Aqui, vale destacar que os lábios são particularmente vulneráveis no inverno devido à sua pele fina e falta de glândulas sebáceas. 

O frio e o vento podem levar ao ressecamento e rachaduras, causando dor e desconforto. 

Além disso, o hábito de passar a língua nos lábios para umedecê-los pode piorar o problema, removendo a fina camada de proteção natural e exacerbando a secura.

Estes são alguns problemas, entre outros, que acontecem no inverno, que podem ser prevenidos e tratados com dicas simples que você verá a seguir.

Leia também – Cuidados para a pele mista: veja algumas dicas

Como cuidar da pele no inverno: dicas valiosas

O inverno traz consigo temperaturas mais baixas e ar seco, condições que podem ser implacáveis para a pele. 

A mudança de estação exige uma atenção especial à rotina de cuidados com a pele, garantindo que ela se mantenha saudável e hidratada. 

Veja algumas dicas valiosas para proteger e nutrir sua pele durante os meses mais frios.

Hidratação é fundamental

A princípio, nessa época do ano, a pele tende a perder umidade rapidamente devido à baixa umidade do ar e ao uso de aquecedores internos. 

Desse modo, para combater isso, é crucial intensificar a hidratação. 

Por isso, invista em cremes e loções ricos em ingredientes hidratantes, como ácido hialurônico, glicerina e ceramidas. 

Esses componentes ajudam a reter a umidade na pele, criando uma barreira protetora contra o ressecamento.

Além dos cremes, considere o uso de óleos faciais que oferecem uma camada adicional de proteção. 

Óleos como o de jojoba e argan são excelentes opções, pois não obstruem os poros e proporcionam nutrição intensa. 

Além disso, tomar bastante água também é essencial. 

Embora não sintamos tanta sede no inverno, manter-se hidratado internamente reflete diretamente na saúde da pele. 

Cuidar da pele no inverno: Evite banhos quentes prolongados

Banhos quentes são tentadores durante o inverno, mas podem ser prejudiciais à pele. 

Nesse sentido, a água quente remove os óleos naturais que protegem e hidratam a pele, levando ao ressecamento e irritação. 

Por isso, para preservar a barreira natural da pele, prefira banhos mornos e mantenha a duração entre 5 a 10 minutos.

Além disso, para uma experiência mais suave, utilize sabonetes e cleansers suaves e sem fragrância. 

Esses produtos são menos agressivos e ajudam a manter o equilíbrio natural da pele. 

Bem como, após o banho, seque-se suavemente com uma toalha, evitando esfregar a pele, que pode causar irritação.

Por fim, outra dica para cuidar da pele no inverno é aplicar o hidratante imediatamente após o banho, enquanto a pele continua úmida.

+ Qual é a ordem certa dos produtos na hora de lavar os cabelos? 

Proteja-se dos raios UV

Apesar de o sol parecer menos intenso no inverno, os raios ultravioleta (UV) continuam presentes e podem causar danos à pele. 

Dessa maneira, a exposição acumulada aos raios UV pode levar ao envelhecimento precoce e aumentar o risco de câncer de pele. 

Portanto, é essencial manter o uso diário de protetor solar, mesmo nos dias nublados ou com neve.

Escolha um protetor solar de amplo espectro com um fator de proteção solar (FPS) de pelo menos 30. 

Além disso, não se esqueça de proteger os lábios, que também são vulneráveis aos danos solares. 

Utilize um protetor labial com FPS e reaplique-o frequentemente. 

Óculos de sol e chapéus de abas largas também são aliados importantes para proteger a pele e os olhos dos raios UV.

Cuidar da pele no inverno: Adapte sua rotina de cuidados

Aqui, a rotina de cuidados com a pele no inverno deve ser ajustada para responder às necessidades específicas dessa estação. 

Ou seja, durante os meses frios, é recomendável usar produtos mais suaves e nutritivos. 

Desse modo, substitua o seu cleanser habitual por um que seja mais hidratante e menos abrasivo, para evitar a remoção excessiva de óleos naturais da pele.

Os esfoliantes também devem ser usados com moderação. 

Por exemplo, a esfoliação ajuda a remover as células mortas da pele, mas pode ser agressiva se feita em excesso. 

Por isso, opte por esfoliantes suaves e limite o uso a uma ou duas vezes por semana, isso ajudará a manter a pele macia sem causar irritação.

Cuide da pele de dentro para fora

Para cuidar da pele no inverno também é necessário se atentar a alimentação.

Nesse sentido, a alimentação tem um papel crucial na saúde da pele, especialmente no inverno. 

Consumir uma dieta rica em antioxidantes, vitaminas e ácidos graxos essenciais pode ajudar a proteger a pele dos danos ambientais e manter sua hidratação e elasticidade. 

Assim, inclua alimentos como peixes gordurosos, nozes, sementes, frutas e vegetais variados em sua dieta diária.

Outro aspecto importante é a ingestão de vitaminas A, C e E. 

Em suma, esses nutrientes são conhecidos por suas propriedades antioxidantes, que ajudam a combater os radicais livres e promover a regeneração celular. 

Por isso, adicionar alimentos como cenouras, frutas cítricas e amêndoas pode melhorar significativamente a saúde da pele.

Cuidar da pele no inverno: Não esqueça das áreas específicas

Certas áreas do corpo, como mãos, pés e lábios, são mais propensas ao ressecamento extremo no inverno e merecem atenção especial. 

Por exemplo, as mãos, por estarem frequentemente expostas, podem se tornar secas e rachadas. 

Dessa maneira, utilize um creme para mãos nutritivo e reaplique várias vezes ao dia, especialmente após lavar as mãos.

Além disso, os pés também sofrem com o ressecamento e rachaduras. 

Por isso, hidrate-os diariamente com um creme espesso e use meias de algodão para ajudar a reter a umidade.

Por sua vez, para um tratamento intensivo, aplique uma camada generosa de creme nos pés antes de dormir e use meias durante a noite.

Seguindo estas dicas de como cuidar da pele no inverno você vai ficar bem!

Conclusão

Cuidar da pele no inverno é muito importante, pois a negligência desses cuidados pode ocasionar sérios problemas.

Mas, seguindo essas seis dicas valiosas, você poderá manter sua pele saudável, hidratada e protegida durante todo o inverno. 

Por fim, vale destacar que a consistência nos cuidados é a chave para enfrentar os desafios da estação com uma pele radiante e bem-cuidada.

Trends