4 penteados que Danifica o cabelo

As  vezes você pode até pensar, que o que danifica o seu cabelo é o excesso de química, chapinha e secador, sim, esses processo danifica muito mais rápido o cabelo, mais outra coisa que contribue, para ter os cabelos ressecados, danificados, e com pontas duplas são os penteados, e na maioria das vezes não são penteados de madrinha de casamento ou de formandos não. São penteados do dia a dia mesmo, penteados que você usa para trabalhar para ir á faculdade ou até mesmo para ficar em casa!

1-Rabo de cavalo danifica o cabelo:

rabo de cavalo danifica o cabelo

Muito fácil de fazer, é um dos penteados preferido por mulheres apressadas e prática. O que pouquíssimas pessoas sabem é que rabo de cavalo danifica o fio, se usado com frequência e sem intevalo provoca danos aos fios . os elasticos que se usa para amarrar o rabo de cavalo, fica apertado demais num mesmo lugar, causando estrago ao cabelo.

2-Trança danifica o cabelo:

trança danifica o cabelo

A trança é dos penteados que a mulherada aprende ainda na infância, porém alguns cuidados na hora de trançar o cabelo é de suma importancia para não danificar o fio. Como por exemplo: não fazer uma trança apertada, deixe o cabelo mais solto.

3-Coque danifica o cabelo:

coque no cabelo

 

No dias quentes, as mulheres usam muito o coque nos cabelos para amenizar o calor. Entanto o uso constante do coque no cabelo, promove a mesma consequência do rabo de cavalo.

4-Amarrar os cabelos umidos danifica:

Quando o cabelo ainda está molhado, ele tende a ficar mais frágil. E quando se amarra o cabelo ainda úmido, não só danifica o fio, como também pode levar a pessoa ter caspa, a criar odores no cabelo, e o principal, pode criar doenças no couro cabeludo.

Depois de conhecer quais os penteados que danifica o cabelo, coloque em prática, e vamos ficar mais atentas!

Leia também:

Cuidados importantes com o couro cabeludo;

Banho de brilho com café;

Hidratação com ovo para os cabelos;

Gostaram? Compartilham!

2 Comments

Add a Comment

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *